Category: livros

Livros para a Jantança

Fala-se de Jantaça blogomilheira antes de aninovo. Vou juntando livros para ceivar nessa data:

Irei engadindo mais segundo vaia registrando. Se ides à jantança e tedes interese nalgum avisade.
P.D.: Re-lendo “Orballo de media noite” deu-me o cabreo monumental de sempre quando leio aos popes de Xerais esplicar as “gralhas” e “anacronismos” dos escritores galegos que empregavam soluçons “sospeitosas de lusofilia”. Como no caso de Blanco Torres o emprego de g/j/x….

P.D.: Falando de livros, tenho que reunir forças para as 840 páginas deste.

Mercadoria de Porto

Um agasalho:

A SOMBRA SOBRE LISBOA
(Varios)
O que aconteceria se o fabuloso imaginário de Howard Phillips Lovecraft – considerado o maior escritor de terror fantástico de sempre – fosse aplicado à cidade de Lisboa, às suas colinas inclinadas, becos escuros e prédios seculares? Guiados pela imaginação de autores tão diferentes como Rhys Hughes, António de Macedo, David Soares, João Barreiros ou José Manuel Lopes, entre outros, somos convidados para um passeio ao longo da história milenar de Lisboa e dos seus segredos mais obscuros…

Umha compra:

HISTÓRIA DA MATEMÁTICA

(Carl B. Boyer)

Revista para torná-la mais acessível a um público geral, “História da Matemática” apresenta um quadro vívido da relação da humanidade com os números. Atualizada e expandida, oferece agora uma cobertura ampliada dos progressos do século vinte, em probabilidades e computadores, e referências atualizadas para outras leituras. Um aspecto de interesse para todo leitor é um apêndice contendo uma tabela cronológica extensa dos desenvolvimentos matemáticos e história em geral.

(Conste que o primeiro é um pouco decepcionante)

Encarregos para bookcrossing

Na próxima semana tenho pensado ceivar os seguintes livros por Santiago de Compostela. O lugar e a hora ainda tenho que pensa-las, mais ponho aquí os títulos por se alguem tem interesse neles. A maioria som livros infantis, pois estou fazendo limpeça no faiado e alí tenho cheas de caixas com livros que já nom adoito ler.

Se estades interessados nalgum deles e queredes que vo-lo mande a casa (coa condiçom que depois o ceivedes e informedes em bookcrossing.com) so tedes que mandar o vosso endereço ao meu correio-e ( tawilgz (@) gmail.com)

Bookcrossing

Este dias, aproveitando que tenho que preparar as cousas para re-mudança a Santiago DC estou limpando e ordeando as moreas de livros infantís que tenho no faido. Som caixas e caixas com moreas de obras de literatura para nenos (mais como dizia algumha campanha da Xunta: Um bom livro infantil é sempre um bom livro). Como manda-los aos meus curmáns madrilenhos custa quartos e os pais bem podem mercar livros de seu a meirande parte deles adoitamos dar-lhos a um amigo nosso que os manda para a biblioteca da sua aldeia, pola Serra de Outes, coido.

Pero como já levava algum tempo moendo meter-me nisso do bookcrossing escolhim alguns dos livros das caixas (menos dum 1%) para ceiva-los pol’A Corunha e Santiago adiante. A verdade, estou namorado da ideia fundamental do bookcrossing, filosófica e pessoalmente. Aquí podedes ver umha listagem dos livros que já etiquetei (e ceivei), e ainda ficam muitos na morea. Ademais da etiqueta correspondente para ponher o número de identificaçom ao livro estou engadindo umha pequenha folha com algum poema galego clássico (Rosalia, Curros, Manoel Antonio…), pero mero romanticismo.
Falando de livros, via Madeira de Uz topei este livro, recopilatoria das barbaridades vomitadas polos medios espanhois entorno ao conflicto basco que nom tem perda: Mil [y 2] coces contra la disidencia. Nom tem perda, de verdade.

E ti qual levas?

Antonte foi o Dia do Livro. Muitos aproveitamos para agasalha-los a quenes mais nos importam, e para mercar alguns para nós. Hoje decatei-me de que levo quatro livros no bolso, três que estou a ler e um que quero dar a alguem:

“Tic-Tac” de Suso de Toro

“Les objets Fractals” de Benoît Mendelbrot

O bosque dos raposos aforcados” de Arto Paasilinna
E ti qual levas?

Tremor nacionalista

Sugestiva a simbologia escolhida polo Ministerio de Fomento

Пролетарии всех стран, соединяйтесь!