Category: Parvadas

Humor na minha rua…


Últimamente nom fago mais que topar cousas curiosas perto da casa. Isto está do outro lado da rua, nom podiam escolher um nome melhor para umha terpia de parelha [Nota, “em vivo” notei que tem a sobra dum “a”, assim que suponho que o nomem original era “Aira]

Nota: O cartaz tem umha (duas, obrigado Nemtele) gralhas, qual é?

Rumbeiros independentistas

Há muitas razons para dizer que este video é o melhor que criou Air Galicia.

[gv data=”kT6db9F_Pzk” width=”425″ height=”350″][/gv]

Slurp!

-Hum, umha nena espanhola, seguro que está boa em salada, slurp!

[Subtitulo na linha de LD, El mundo e semelhantes]

Ideia de Oxirarei.

Umha Carla Bruni para Touriño

Coido que toda pessoa com acceso aos media de comunicaçom conhece o affaire do presidente da França coa modelo e cantante Carla Bruni. A repercussom social e mediática do namoriscamento de Sarkozy é evidente e os analistas tenhem ideias mui diferentes sobre os efeitos da mesma: O carismático Sarkozy leva apupos na própria França mas protagoniza todos os jornais e revistas de fora. Muitos opinam que desproporcionada cara pública prévia do presidente ultrapassou os límites do aceitável coa sua nova moça. A pergunta é… que efeito teria umha campanha assim centrada na figura de alguem sem o mais mínimo carisma? E se falamos de mínimo carisma na Galiza temos um sujeito de estudo perfeito: Emilio PerezTouriño, o presidente do governo que preside.

Agora o problema é topar umha candidata a Carla Brunni de Breogam… em chuza aparecem varias candidatas, as três primeiras som de Susorubio.

fabiolaotero.jpg Fabiola Sotelo Blanco
Editora e mulher polifacética.

Nom tem muita repercussom mediática, mas é feitinha. Tem a influência justa no mundo mundo editorial para que muitos jornais galegos tomem o affaire como “algo pessoal” e assim encher páginas e páginas…

.

____________ notigral035.jpg
Luisa Castro

Poetisa em galego e em castelám

Assim os media espanhois -que para Touri som importantes- teriam mais razóns para lerchear o tema (La Voz, PRISA e El Mundo). E as poesias de amor que escreveria ela sobre o seu amor co senhor presidente? Delicioso….

___________
vero.jpg

Verónica Codesal

Cantante galego-belga (Como a Brunni é franco-italiana). A nossa representante em Eurovisom de fai uns anos.

A minha candidata favorita: Conhecida, mui guapa e internacional. Com ela até Touriño ganharia carisma!!

_____________

2007_paulavazquez1.jpg

Paula Vázquez Nova!  (Proposta de OXirarei)
Modelo, presentadora e vendedora de vinhos.

Podemos ligar a nova com Letizia Ortiz e o Principe. Igual que eles Touri namorou quando a viu na TV em aninovo falando um galego igual de bom que o seu…

P.D: Os catalans som mui rápidos, já procurarom moça para o seu Toruiño.

Maldade nos olhos ou fotografia desafortunada

.escanear0003.jpg

Publicidade de tenda a uns metros da minha casa…

Com esta imagem podem passar três cousas:

– Que tenho muita maldade nos olhos.

– Que o publicista tem muita maldade no seu.

– Que o publicista nom tem maldade nengumha.

Opinade vós..

Ideia para primeira curta de porno galego

Cena da primeira curta de porno galego:

Quarto de paredes azuis decoraçom marinha: umha estrela de mar, algumhas gazes de cor verde ou outros tons de azul, um pouco de areia sobre o cham, e emburrunhos de de faze de cores que fagam das prantas do arrecife; sobre o chao alfmofadas informes de cor negra e cheias de buracos e umha iluminaçom ondulante de azul mui escuro.

Quatro figuras no plano central, três masculinas e umha feminina – no fondo, sem quase iluminaçom, outros grupos de três ou quatro individuos serpenteam os seus corpos apinhados. Os quatro actores vistem igual: Todo o seu corpo coberto  de plástico:  negro  até os cadrís que deixa ver umhas poucas linhas geométricas de carne, e azul do mar até arriba, coberta a faciana. Sae das cadeiras umha unha branca de perceve, que entre os seus valvos quase-fechados deixa ver os genitais em repouso; sae também desse apendice umha serie de penas brancas . Os quatro actores estam pegados, mas ignoram a presença  dos outros.

A acçom começa com coa erecçom de vagar do pene dum dos “perceves”. Pouco a pouco as valvas abrem-se e as penas ondulam -servidas por um servomotor incluido do disfarce- mentras o pene sae  -maquilhagem já  deu umha cor violeta-  os poucos, quase meloso -Habilidade do actor ou efectos especiais- numha escena oniricamente iluminada. A cámara mostra agora como os outros dous perceves “machos” já tenhem os seus instrumentos igual de preparados. Com movimentos lentos e cegos -o veste nom deixa ver a cara dos protagonistas-  passeiam as suas gónadas sobre o plástico negro dos parceiro, exploram as ferramentas dos outros seguido dum movimento espasmódico das penas brancas. Todo isto em pé, sem moverem um chisco a meirande parte do seu corpo mentras um borbulhar hipnótico e quase inexistemte fai de banda sonora.

Nalgum momento um dos perceves é consciente de presença dumhas valvas brancas nas que nom nota o morado erecto. Alouminha a superficie com igual lentitude, mas a femia tem um espasmo e aparta as cadeiras. Passam uns minutos de inactividade quase total, até que outro dos perceves retoma o trabalho do companheiro.  Acarinha coa massa violeta primeiro a casca de plástico níveo, até que as pontas das penas debruçam, logo joga com elas. Esta cena pre-coito dura uns minutos nos que a valva abre e entelha de jeito que   que a vulva, coberta de pintura dum vermelho brilhante,  é accesível. A penetraçom é aos poucos e mentras os outros dous perceves machos seguem a explotar o corpo do seu companheiro, ou os arredores da “perceva”.

Os movimentos durante a cópula som lentos, e as penas brancas acompanham o rimo hipnótico. Uns minutos depois os órganos morados dos companheiros  que nom estam invitados à festa chegam até a mouminha e começa umha luita a cámara lenta que pretende tirar o competidor do interior da femia. Todo como numha dança, coas luces cambiantes de tons de azul percorrendo as superfícies plásticas.  Pouco a pouco essas mesmas luces passam a tons de azul mais escuros, até fundir todo em negro…

Logo do da produtora, a Xunta, o Conselho da Cultura Galega, o Aquarium Finisterrae, o Instituto de Ciências do Mar, o centro e o Centro de Investigaçom de Arousa. Actores, equipa, banda sonora e obrigado a: Confradia, facultade de Biologia, os antes citados Aquarium, Universidade de Vigo, etc…  Galiza 2008.

Isto é real.

Piada tópica

piada.png

[Este post foi publicado por umha manda de djinni que Fer capturo no deserto andaluz ]

Galiza Profunda

cthulhu1.png

Piada Física III

rg.jpg

Som mui duros.

Piada Física II

piadafiscaii.jpg

Para que publicar um quadrinho que vai entender o 0,1% da gente?