Especial Semana Santa II

As MNG na comarca de Trasancos desenvolvem umha campanha de agitaçom contra a celebraçom da chamada “Semana Santa” nas ruas de Ferrol.

As MNG na comarca de Trasancos desenvolvem umha campanha de agitaçom contra a celebraçom da chamada “Semana Santa” nas ruas de Ferrol, que nom deixa de ser umha “tradiçom” imposta polo fascismo espanhol em colaboraçom com a Igreja Católica, e que ademais é contrária à nossa cultura nacional.

Centos de autocolantes e cartazes fôrom colados por militantes da nossa organizaçom para tapar a propaganda de exaltaçom católica que os sectores mais retrógrados da nossa cidade espalhárom nos últimos dias.

Desde MNG manifestamos:

– O nosso rejeitamento ao financiamento público por parte do Concelho, Junta da Galiza e Deputaçom destas monstras de exaltaçom do integrismo católico que representam as procissons de “Semana Santa”.

– A Igreja hoje em dia apenas mudou, moderou a sua linguagem mas nom a essência do seu discurso e segue relegando o papel da mulher na sociedade ao de mais e esposas, seguem negando os nossos direitos sexuais e reprodutivos, onde os nossos corpos nom som nossos e o nosso prazer continua a ser pecado.

– Numha sociedade nom sexista nom há espaço para a submissom do político ao religioso, nom há espaço para a intolerância dos clérigos, bispos, imans ou rabinos regendo a nossa vida e os nossos corpos.

Integrismo católico nom
Por umha sociedade laica
Polo nosso direito a decidir

Trasancos, 13 de Abril de 2005

___________________________________________

Falando de Ferrol, e entroncando co da II Republica. Coma di meu irmao. (Que algumhas tentam pescar) residente agora em Ferrol, sobre a representatividade de “todos os espanhois” de el-rei : “A mim nom me representa alguem cum iate”