Santiago(é)Tapas V

Continuamos co roteiro da Praça do Pam (a.k.a. Praça de Cervantes) após o interesse de Vieiros pola nossa crónica.

Agarimo Cafe-Pub (Preguntoiro, 2)

Com este local imos obviar o comentário sobre o serviço. Todos (os que saimos por Compostela) sabemos que no Agarimo há demasiada gente a quase qualquer hora do dia como para pedir umha atençom pessoal. Isso sim, atenderom rápido dentro das possivilidades, e as tapas tampouco tardarom muito.

Tapa de salmom

Salmom, ‘filadelfia’ e pimento… pois é umha tapa. Singela, bom tamanho (duas mordidas) e sem cousas criticáveis. Porém, nom tem nada louvável ou especial. Levou um 3 (nota meia) Mas se miramos o preço e comparamos co que é, ou o que nos ponhem em outros sitios polos mesmos quartos, teria umha pontoaçom menor.De feito é umha das mais descompensadas em Qualidade-elaboraçom/preço.

Preço: 2,50 €

Gulas ao alioli

Claramente O Agarimo apostou polas tapas singelas e clássicas. Pam, gulas, ovo de paspalhas e alioli. Umha quantidade comedida e umha boa presentaçom, mas o ovo e as gulas estavam mui gordurosos e pessados no estómago. E se vos digo a verdade, nós nom percevimos o alioli até ler o nome para cumprirmos o suporte de voto. O preço estava na meia dos que vimos até o de agora para esse tamanho. Levou um 2 da minha parte e um 3 de Xorna.

Preço: 2,00 €

Tapa ‘Agarimo ‘

Patacas, ovo, pimento… na linha de tapa ”ligeirinha” do anterior. O ovo cansa um pouco em tanta tapa, e como um todo nom é nada original. Porém é umha boa quantidade e segue na linha das tapas “normais” do sítio. E o preço está bem. Assim que nem frio nem calor, um 3.

Preço: 1,80 €

Nota: Iamos com mais gente, assim que nom apontamos quanto era em total coas bebidas.