Celidonio – O demo me leve http://odemo.blogaliza.org "Si eu fixen tal mundo, que o demo me leve" Mon, 16 Apr 2012 18:11:04 +0000 gl-ES hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.7.1 Democratas pacíficos http://odemo.blogaliza.org/2009/02/12/1319/ http://odemo.blogaliza.org/2009/02/12/1319/#comments Thu, 12 Feb 2009 14:55:41 +0000 http://odemo.blogaliza.org/?p=1319

Na postguerra, D. Celidónio ascendeu de porco a marram e chegou a ser alcalde. A parenta inflou coma o fol da gaita. […]
Dom Celidónio é gordo e artrítico. O carrolo sáe-lhe para fóra; na calva tem umha que outra serda; tem as fazulas hipertrofiadas, da cor do magro do jamom, e tam lustrosas, que semelham que botam unto derretido; ás nádegas e o bandulho van-se-lhe um pouco para abaixo.
O lardo rezúma-lhe por todo o corpo, e no vrao sudao em regueiros aceitosos e empingotas bastas, coma as que deitam os chouriços quando estam no fumeiro.
Así como é graxento o corpo, tamem o miolo de D. Celidónio. Se lhe escachassem a testa, tinha que ser com pau-ferro e picaranha, em lugar dumha sesada habia atopar um unto. Corpo e alma, tanto tem, todo é graxa e manteiga. D. Celidonio é igual por dentro ca por fóra: carne e espírito som a mesma zorça, misturada e revolta, co mesmo adubo de ourego e pimento.

Vicente Risco, O Porco de Pé

]]>
http://odemo.blogaliza.org/2009/02/12/1319/feed/ 3