friker – O demo me leve http://odemo.blogaliza.org "Si eu fixen tal mundo, que o demo me leve" Mon, 16 Apr 2012 18:11:04 +0000 gl-ES hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.7.1 Psicofonias libegggales nos meus altofalantes! http://odemo.blogaliza.org/2008/07/21/psicofonias-libegggales-nos-meus-altofalantes/ http://odemo.blogaliza.org/2008/07/21/psicofonias-libegggales-nos-meus-altofalantes/#comments Mon, 21 Jul 2008 15:02:40 +0000 http://odemo.blogaliza.org/2008/07/21/psicofonias-libegggales-nos-meus-altofalantes/ Imaginem o que é sentar diante do computador mentras aguardas polo teu turno na ducha e, quando este ainda está iniciando, escuitar umha voz que che comina a lutar contra o “adoctrinamiento socialista” e sacar os teus filhos das aulas de Educaçom para a Cidadania. Nessas circunstáncias intelectuais, coa mente sem espertar ainda do sono da noite, a reaçom normal e encrequenar-se ou caer de joelhos e mudar o estilo de vida, deixar de ser um separatista rompeEjpiñas, falar bom castelam e mudar o materialismo histórico pola adoraçom sem dúvidas da mao milagreira do mercado. Mas como eu sou  um ceptista e um ateu que nom reconhece os sinais os deuses até que nom bate  a cabeça neles procurei umha justificaçom mais cómoda que nom implicasse umha mudança completa no meu sistema de valores…o meu nom tem perdom.

Seguro que todos tedes experimentado este fenómeno electromagnético algumha vez. Um altofalante que está ligado na rede electrica, mas que nom o está com um aparelho (ou sim, e este nom esta reproduzindo nada) capta o sinal dumha rádio Durante muitos anos cos do meu velho computador podia escuitar a emisora da vigia marítima do porto da Corunha. A grandes traços podemos explicar o fenómeno entendendo que o circuito dum altofalente que converte o sinal eléctrico que vem polo cabo até ele nom é mui distinto do dumha rádio normal. Quando o aparelho nom tem ningumha entrada o circuito eléctrico como um todo capta as ondas electromagnéticas polas que se transmite a informaçom da rádio.  Numha rádio podemos modificar a frequência (Hz) di sinal escuitado, mas nos altofalantes nom. A frequência dumha onda electromagnética está ligada coa sua velocidade e longitude de onda (a distáncia entre os cúmios das ondas) e ao sintonizar umha rádio estamos modificando a “longitude” do circuito que pode captar a onda. Nos altofalantes é a longitude dos cabos mais grandes no seu interior o que determina qual é o único sinal co que podem interagir. Seica os altofalantes novos (que antes estavam em Ferrol, no computador do meur irmao) tenhem a longitude de circuito ajeitada para captarem a Cope de Corunha e as suas admoniçons apocalípticas.

Mas também podem pensar, os friker e os roucos,  que isto nom é mais que a Ciência desprestigiando um fenómeno de “misterio” genuino. Eu já vou engarrafando a auga da torneira como auga bendita, 5 € os 100 ml.   10 € o tour da entrada.

]]>
http://odemo.blogaliza.org/2008/07/21/psicofonias-libegggales-nos-meus-altofalantes/feed/ 1