Posts tagged: resoluçons

Listagem de resoluçons de ONU ignoradas por Israel (1955-2003)

A Uniom Europeia fai a seguinte declaraçom sobre o que eles chaman “o conflito em Oriente Medio” (O genocidio palestiniano em Gaza por parte do estado racista de Israel).

Cá umha pequena listagem das resoluçons da ONU sobre o tema, todas ignoradas polo governo sionista.

1955

Resoluçom 106: Condena o ataque contra tropas egípcias polo exército israelita na Faixa de Gaza

Resoluçom 111: Condena o ataque de Israel à Síria que matou 56 pessoas, e que viola o armnisticio assinado com Síria, e o cessar-fogo provisório estabelecido pola Resoluçom 54 (1948).

1958
Resoluçom 127: Recomenda que Israel cesse as suas actividades na área que nom esteja sob a sua soberania em Jerusalém.

1961
Resoluçom 162: Insta Israel a respeitar e aplicar as resoluçons da ONU.

1962
Resoluçom 171: Determina que os ataques israelenses sobre a Síria som umha violaçom flagrante da Resoluçom 111, bem como o armistício assinado entre os doiu países.

1966
Resoluçom 228: Critica as incursons militares de Israel no West Bank, para controle da Cisjordânia. Condena a perda de vidas e propriedades causadas por essas açons

1967
Resoluçom 237: Apela Israel para que permita o regresso dos refugiados que fugiram durante a Guerra dos Seis Dias, e para garantir a segurança da populaçom civil sob seu controle.

Resoluçom 242: Considera inadmissível a aquisiçom de território como despojos de guerra, e apela a Israel a retirar-se, exortando umha soluçom justa para o problema dos refugiados.

1968
Resoluçom 248: Condena Israel polo seu ataque maciço e planeado contra Jordánia. Reque-lo a respeitar Resoluçom 237.

Resoluçom 250: Faz um apelo a Israel para nom realizar um desfile militar em Jerusalém em 2 de maio.

Resoluçom 251: Lamenta profundamente que Israel realizar o desfile militar em Jerusalém, desafiando Resoluçom 250.

Resoluçom 252: Declare inválida a açom de Israel para unificar Jerusalém como “capital judaica”. Até entom a parte leste da cidade estava sob domínio jordano.

Resoluçom 256 : Condena ataques israelitas na Jordánia como violaçons flagrantes da Resoluçom 252. E indica que a ONU tomará medidas pola escala dos ataques e porque forom premeditados.

Resoluçom 259 : Lamenta o atraso por parte de Israel a aceitar umha visita de um representante especial da ONU para os territórios ocupados recentemente, para assistir à aplicaçom dos acordos da Resoluçom 237.

Resoluçom 262 :
Condena Israel por atacar aeroporto em Beirute.

Resoluçom 265
: Condena os ataques aéreos de Israel contra Jordánia que violam novamente o cessar-fogo.

1969
Resoluçom 267: A censura para Israel por alterar o estatuto de Jerusalém sem respeitar o estabelecido pola Resoluçom 252.

Resoluçom 270: Os ataques do Exército de Defesa de Israel sobre aldeias no sul do Líbano som condenados polo Conselho de Segurança.

Resoluçom 271:
Israel condenado mais umha vez por desobedecer as anteriores resoluçons da ONU sobre Jerusalém.

Resoluçom 279 : Pede a partida das tropas israelitas do Líbano.

1970
Resoluçom 280: Condena os ataques de Israel no Líbano. Lembre-se o que foi afirmado na Resoluçom 279. Lamenta indiferença de Israel com resoluçons 262 e 270.

Resoluçom 285:
Exige a imediata e completa retirada de Israel do Líbano. Os Estados Unidos abstiveram na votaçom.

1971
Resoluçom 298: Lembra as anteriores resoluçons ignoradas por Israel no que diz respeito a nom mudar o estatuto de Jerusalém. E solicita acçons legislativas e administrativas contra Israel.

1972
Resoluçom 316: Compila longa lista de resoluçons que Israel nom cumpriu no Líbano. E condena mais umha vez as açons militares deste país.

Resoluçom 317: Lamenta a recusa de Israel de libertar os árabes raptados no Líbano polo seu exército.

Resoluçom 332:
Condena os ataques de Israel no Líbano que violam a armisticio assinado, bem como diversas resoluçons anteriores.

1973
Resoluçom 337 : O Conselho Europeu condena o sequestro de um aviom do Líbano por Israel, bem como a violaçom da soberania libanesa.

1974
Resoluçom 347: Condena os ataques de Israel no Líbano.

1978
Resoluçom 425: Solicita a Israel que retire as suas forças do Líbano.

Resoluçom 427: Apela a Israel para completar a sua retirada do Líbano.

Resoluçom 444: Lamenta a falta de cooperaçom de Israel com as forças de paz das Naçons Unidas.

1979
Resoluçom 446: Determina que os colonatos israelitas na Cisjordánia, Colinas do Golã, Gaza e Jerusalém Oriental som um obstáculo à paz no Médio Oriente. E mais umha vez, exorta Israel a respeitar a Quarta Convençom de Genebra.

Resoluçom 450: Solicita a Israel que pare os seus ataques sobre o Líbano.

Resoluçom 452:
Solicita a Israel que pare de construir colonatos nos territórios ocupados.

Resoluçom 465:
Lamenta os colonatos israelitas nos territórios ocupados e apela aos Estados-Membros que nom cooperem com a construçom desses assentamentos.

1980
Resoluçom 467: Condena a intervençom militar israelita no Líbano.

Resoluçom 468: O Conselho de Segurança está profundamente chocado com a expulsom de três palestinos, os prefeitos de Hebron e Halhoul, e um juiz de Hebron.

Resoluçom 469:
Lamenta a recusa de Israel de acautelar-se com a Resoluçom 468.

Resoluçom 471: Mostra umha profunda preocupaçom com a falta de respeito por Israel para a Quarta Convençom de Genebra nos territórios ocupados, especialmente o seu artigo 27, que deverá garantir o tratamento humanitário e de protecçom dos civis.

Resoluçom 476: Chamadas para pôr fim à ocupaçom por Israel dos territórios ocupados em 1967, incluindo Jerusalém. Ele reiterou que todas as medidas tomadas por Israel para alterar o estatuto, a fisionomia ea composiçom demográfica de Jerusalém som ilegais.

Resoluçom 478:
Critica a Israel polo seu parlamento afirmar que a cidade ocupada de Jerusalén e a sua capital “eterna e indivisível”. E exorta os Estados membros a retirarem as suas embaixadas de Jerusalém como castigo. Também pede-lhe que obedecer às anteriores resoluçons do Conselho relativas a Jerusalém e ao respeito pola Quarta Convençom de Genebra. Em 1995, os E.U. reconhecerom Jerusalém como a capital do Estado de Israel.

Resoluçom 484: Declara que é imperioso que Israel readmita os dos prefeitos expulsos..

1981
Resoluçom 487: O Conselho Europeu condena os ataques militares de Israel para o Iraque em 12 de junho de 1981. E convida a abrir suas instalaçons aos inspetores da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA).

Resoluçom 498: Exige que Israel retire do Líbano.

1982

Resoluçom 501: Solicita a Israel que pare os seus ataques no Líbano e exige que retire as suas tropas.

Resoluçom 509:
Pide novamente a Israel que retire incondicionalmente do Líbano.

Resoluçom 515:
Exige que Israel levante o cerco de Beirute permitindo a entrada de ajuda humanitária.

Resoluçom 517: Critica Israel por nom obedecer as anteriores resoluçons do Conselho de Segurança e exige que retire as suas tropas do Líbano.

Resoluçom 518:
Exige a Israel cooperar com as forças das Naçons Unidas no Líbano.

Resoluçom 520:
Condena os ataques de Israel na Cisjordánia.

1985
Resoluçom 573: Condena veementemente a Israel polo bombardeio contra a sede da OLP em Túnis.

1986
Resoluçom 587: Tome nota da desobediência de Israel a anteriores resoluçons do Conselho de Segurança sobre o Líbano, e umha vez mais exige que deixe esse país.

Resoluçom 592: Lamenta profundamente o assassinato de “palestinos indefesos estudantes na universidade de Bir Zeit, por parte das tropas israelitas.

1987
Resoluçom 605: Lamenta as políticas e práticas de Israel, que violam os direitos humanos dos palestinianos.

1988

Resoluçom 607: Solicita a Israel que pare de deportar palestinos e pede-lhe para respeitar a Quarta Convençom de Genebra.

Resoluçom 608: Lamentamos que Israel nom acata as resoluçons da ONU e continua a deportar civis palestinianos.

1989
Resoluçom 636: Lamenta que Israel continua com sua política de expulsom dos civis palestinianos e exige que lhes permita regressar às suas terras.

Resoluçom 641: Deplora a continuaçom da expulsom dos palestinianos.

1990
Resoluçom 672: Condena Israel pola sua violência contra os palestinianos, o Haram al-Sharif e outros lugares santos de Jerusalém que acabou com a morte de 20 civis.

Resoluçom 673: Insta Israel cooperar com a ONU.

Resoluçom 681: Lamenta a decisom de Israel de retomar deportaçom de palestinos.

1991
Resoluçom 694: Lamenta as deportaçonss dos palestinos por Israel e exige que se lhes permita o retorno com segurança e sem demora.

1992
Resoluçom 726: Condena Israel pola expulsom dos palestinianos e convida-o a respeitar Quarta Convençom de Genebra.

Resoluçom 799: O Conselho Europeu condena a deportaçom de 413 palestinianos por Israel.

1994
Resoluçom 904: O Conselho Europeu condena o massacre em Hebron e apela a Israel para confiscar as armas para evitar actos violentos.

2000

Resoluçom 1322: Condenaçom da violência desencadeada contra os palestinianos em locais sagrados.

2003
Resoluçom ES-10/13: Da Comissom de Direitos Humanos (2004): O Conselho Europeu insta Israel a parar a contruçom da barreira de Cisjordania.

Fontes:

Disturbing Facts

If Americans knew

Wikipedia